página principal do site em português página principal do site em inglês
       
CONSTRUÇÃO PASSO-A-PASSO DE HEXÁGONOS REGULARES
 
CONTEÚDOS ACTIVOS DESTA PÁGINA:

Construção do hexágono regular dada a diagonal maior

Construção do hexágono regular dado o lado

Construção do hexágono regular dada a diagonal menor

Construção do hexágono dado o apótema

Mais sobre hexágonos: teorema do hexágono de Pappus

CONSTRUÇÃO DO HEXÁGONO REGULAR DADA A DIAGONAL MAIOR

O ponto médio da diagonal maior do hexágono regular permite-nos desenhar a circunferência que lhe é circunscrita. Para a dividir em seis partes iguais, desenharemos arcos de circunferência de centro em cada um dos extremos da diagonal e abertura até ao centro, uma vez que a medida do raio da circunferência corresponde à medida do lado do hexágono:

 

CONSTRUÇÃO DO HEXÁGONO REGULAR DADO O LADO

Sabendo que o lado do hexágono regular corresponde à medida do raio da circunferência que o circunscreve, basta-nos determinar o seu centro (com centro em A e abertura até B e vice-versa) para a desenhar e a seguir determinar os restantes vértices do hexágono, com a mesma abertura de compasso:

CONSTRUÇÃO DO HEXÁGONO REGULAR DADA A DIAGONAL MENOR

A diagonal menor de um hexágono regular corresponde ao lado do hexagrama respectivo. Definido um dos seus triângulos, determinamos o seu centro através de duas alturas do triângulo, para desenhar a circunferência circunscrita ao hexágono. Correspondendo às diagonais maiores do hexágono, as alturas do triângulo desenhado permitem-nos determinar os vértices do hexágono:

 

CONSTRUÇÃO DO HEXÁGONO DADO O APÓTEMA

O apótema de um polígono (regular, necessariamente) é a menor distância entre o centro e o lado. Sendo o segmento de recta que une o centro do polígono ao ponto médio de cada um dos lados, corresponde ao raio da circunferência inscrita no polígono.
A construção seguinte é uma das possíveis para o hexágono dado pelo apótema [OM]: